Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Desertos e Semidesertos

Mäyjo, 15.01.15

deserto11.jpg

Arizona

 Existem regiões áridas em todos os continentes. Quase sempre, elas são dominadas por altas pressões atmosféricas ou anticiclones, isto é, por centros dispersores de ventos. Por esse motivo, não recebem os ventos húmidos causadores de chuvas.

As altas pressões subtropicais, ao se instalarem sobre os continentes, são as principais responsáveis pela existência das regiões áridas. Por isso grande parte dessas regiões está localizada em latitudes subtropicais.

De qualquer modo, os ventos de todas as regiões áridas são secos.

As regiões áridas apresentam duas características essenciais: 

- Escassez e irregularidade de chuvas;

- Grande variação diária da temperatura.


Dependendo da quantidade de chuvas caídas durante o ano, as regiões áridas são classificadas em:


- Desertos ou regiões áridas propriamente ditas, onde chove menos de 250 mm por ano;

- Semidesertos ou regiões semiáridas, onde chove de 250 a 500 mm por ano.


Geralmente os desertos estão situados no interior das regiões áridas.


As temperaturas das regiões áridas variam com a latitude. Se a temperatura média do ano for maior que 20 °C, podemos dizer que o deserto é quente. O Saara e o deserto da Arábia, por exemplo, são quentes.


Se a temperatura média do ano for menor que 20 °C, o deserto é frio. E o caso do deserto de Gobi, localizado em grande parte na Mongólia; a outra parte situa-se na China.


Portanto, as regiões áridas podem ser quentes ou frias. Em qualquer dos casos existe uma grande variação diária da temperatura.


Seja qual for o deserto, em condições naturais a agricultura é quase impossível nos desertos. Além da falta da água para as plantas, os solos não se prestam ao cultivo.